VOCÊ SABE O QUE É A IDEIA MCPDEA?

Por Giuliano Le Senechal

** Esse artigo foi escrito com exclusividade para o blog da Reciclo Content.

O universo que permeia a inovação (em seu mais amplo sentido, por exemplo, o tecnológico) e seus respectivos ambientes, onde pessoas de várias gerações, estilos, linhas ideológicas e maneiras de agir pode ser definido como rico. O sentido deste adjetivo e substantivo masculinos não está em um de seus variados significados literais, mas sim, em sua proposta múltipla e abrangente de reunir gente e belas ideias.

Exposto esse pensamento inicial, que propõe ser a essência da “provocação” ainda a surgir, é hora de contar duas breves histórias. A primeira simples e rápida, que apenas faz conexão com a segunda, esta sim, recheada de boa intenção em sugerir proposta de ensinamento que requer atenção para consequente assimilação em sua propositura sistêmica.

No dia 27 de outubro acompanhei a gravação de um programa audiovisual com a cara da contemporaneidade, o “tal” universo tecnológico e seus templos de inovação. Acordei bem cedo e fui atender ao convite de um grande amigo e profissional do mundo da Tecnologia da Informação, mais especificamente do segmento de Educação à Distância. Animado por ouvir os últimos “causos”, mas sempre observando seu modo “ímpar” de trabalhar mesmo dirigindo, nem percebi o tempo passar quando chegamos ao destino: um grande galpão sem qualquer fachada, na região industrial da capital Belo Horizonte. Ao entrarmos, percebi que se tratava de algo inovador e interessante. Só então, compreendi o motivo de tão inesperado convite: ser testemunha de um acontecimento inédito, pelo menos na realidade das alterosas mineiras.

Ao cruzarmos o portão de entrada, dei de cara com uma espécie de palco, semelhante aos de grandes exibições artísticas. Nele, uma parafernália de equipamentos eletrônicos, como canhões giratórios de luzes coloridas, máquinas de fumaça, câmeras filmadoras de última geração e mais um apanhado de outros “brinquedinhos” high-tech. Pensei: é algo muito profissional, bem elaborado e planejado.

Ao centro, um enorme painel de LED “reluzia” os dizeres Startup Show. Pois bem, lá nesse galpão tive a oportunidade de conhecer, entre tantas outras pessoas interessantes, Henrique Portugal, tecladista da banda mineira Skank. O músico (soube naquele momento) é pessoa profundamente envolvida com projetos de inovação e empreendedorismo, e foi dele que ouvi a pronúncia de uma frase que soou em meus ouvidos como um ensinamento. Disse Portugal: “que aqueles que desejam empreender, apostam em suas ideias e querem vê-las acontecer, mesmo que em muitos casos não tenham o montante de dinheiro disponível para executá-las, precisam ser criativos e se reinventar a cada instante”.

O pensamento de célebre tecladista faz conexão direta com as dicas ouvidas, recentemente, de outro bom amigo, que me veio confidenciar a tentativa de criar uma nova denominação para tornar mais eficientes e assertivos os modelos de trabalho nos “tais” hubs de inovação tecnológica ou de pesquisa e desenvolvimento.

Contou-me o parceiro, que desejava criar uma espécie de manual para estabelecer normativas e difundir um “tal” ideia de MCPDEA. Em resumo, é uma pequena nomenclatura que carrega em seu DNA as iniciais de metodologia, critério, propriedade, disciplina, entusiasmo e agilidade.

Esperamos, muito em breve, explicar e, sobretudo, apresentar essa criação, que, provavelmente, virá para atender exatamente aos pré-requisitos “exigidos” pela modernidade. Nessa seara, a criatura deverá nascer em formato de e-book para downloads.

Mas, adiantando em pequena pitada, a proposta é oferecer, modestamente, uma forma eficaz de trabalho e posterior defesa de ideias para profissionais, empreendedores ou sonhadores que operam nesse segmento de mercado e, quem sabe até, em outros meios.

Sintetizando:

Metodologia: a forma e o formato que se dará ao projeto e sua exequibilidade;

Critério: maneira padronizada de conduzir o trabalho diário até alcançar a resolução do “problema” escolhido ou imaginado na ideia original (claro, sem deixar de lado a flexibilidade necessária para correções de rota);

Propriedade: ter consciência e sólido conhecimento sobre o que está se propondo a fazer ou, via contrária, foi destinado a fazer;

Disciplina: manutenção de condutas de forma organizada, paulatina e sequencial, sem espaço para esquecimentos ou adiamentos de tarefas pontuais;

Entusiasmo: adjetivo e característica na defesa e elaboração de argumentos que explicite a crença e a energia dispensadas para ofertar um projeto (para investidores, por exemplo);

Agilidade: celeridade, rapidez, eficácia e eficiência (sem deixar que a maluquice da correria tome conta do cérebro e, consequentemente, afete a saúde física).

Resumindo e “encaminhando para votação, torna-se importante, para boa composição desse futuro “documento”, o envio de opiniões, sugestões e críticas de quem identificou-se com a dialética pretendida.

Por fim, a grande questão a que se propôs este artigo: é clara e facilmente observável a conexão direta, indireta ou complementar entre a sugestão do amigo, com a criação de seu manual, e o pensamento exposto por Henrique Portugal?

*Co-fundador do Portal Minas Inova, é jornalista graduado, em 2003, pela Fumec. É pós-graduação em Marketing e Comunicação Corporativa e fez MBA em Liderança e Gestão de Pessoas. Atuou como assessor de imprensa em entidades como Fundação Mário Penna e ALMG, além de empresas como Grupo A&C e Estudar Soluções e-Learning. Foi repórter, editor de suplementos especiais e coordenador da sucursal Centro-Oeste do Jornal Hoje em Dia por quase cinco anos. Trabalhou como produtor na Rede Minas de Televisão. Idealizou e apresentou o programa Polos em Conexão, na TV Candidés de Divinópolis. Atua também como gestor e desenvolvedor dos projetos da Minas Solution, braço corporativo do Minas Inova e responsável por captar, desenvolver e auxiliar na execução de projetos de grande potencial mercadológico.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s